Quando eu estava no ensino fundamental, tinha muitas amizades, aliás eu pensava que tinha muitos amigos, todos me cumprimentava e queria fazer parte do grupo, mas com o tempo percebi que não era com todos que eu podia contar. No ensino médio, decidi que seria diferente, apenas os verdadeiros amigos ficariam comigo, mas infelizmente a gente se engana nas amizades, as vezes é por pura falsidade ou porque você acaba estragando tudo.

 Nos meus antigos relacionamentos, eu sempre fui a mais complicada, a mais difícil de entender, e isso sempre foi um problema, eu sou muito desconfiada, não me entrego totalmente logo de primeira, eu fico meses avaliando, fazendo perguntas até ter certeza que aquela era a pessoa certa, mas nunca era.
 As vezes fico com raiva de mim mesmo por eu ser assim, por não me entregar 100% nas coisas e coloco culpa em outra pessoa menos em mim, eu finjo que me importo, finjo que me interesso, finjo que estou feliz que estou gostando de tudo, mas no fim do dia, no silêncio do meu quarto, vejo que não estou feliz, não fui sincera com todos, e não é aquilo que quero.
 Eu tenho esse defeito de fazer as perguntas na hora errado, rir das coisas sérias e achar que posso confiar em todos, e isso acaba estragando tudo.

 No trabalho, me vejo reclamando de tudo, detesto quando fica sem nada para fazer e odeio quando tem muita coisa, deixa a gente doida sem saber o que faz primeiro, e apesar da correria vem o chefe chato reclamar porque você não fez o que ele pediu, mas afinal, estava ocupada fazendo outras coisas, certo? Eu detesto receber criticas mas 99% delas são verdadeiras, talvez eu não esteja me esforçando o bastante, aí perde o emprego e fica pensando, no próximo eu me esforço mais, e quando ver esta fazendo tudo igual. Mas poxa, custa fazer seu trabalho direitinho? Não foi para isso que foi contratada?

 É chato quando tudo parece estar fora do trilho e você tem que ficar empurrando daqui e dali tentando consertar tudo, é cansativo e uma hora você desiste, e aí eu fico triste, a pessoa fica triste e fim. Eu sempre estrago tudo.

2 Comentários

  1. Eu me identifiquei bastante com o texto, sabe ? Eu sempre acabo me enganando com as pessoas, sempre acabo achando uma coisa, e no fim elas são completamente diferentes. E isso dói, dói ser sempre feita de trouxa, dói ser mais um fantochinho, dói tudo isso, e eu te entendo ( se o texto foi por experiência própria) , adorei !
    Au revoir, Sarah.
    http://the-my-smile.blogspot.com.br/#

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto, gostei muito!!! Pessoas são mesmo muito frustantes ás vezes....mas nós não vivemos sem relacionamentos, então temos que nos permitir!!!
    Te espero em breve...
    www.raquelcorrea.com

    ResponderExcluir