Foi tudo do seu jeito. Íamos nas festas que você tanto gosta, bebendo aquelas bebidas que nunca tinha ouvido falar, e até arrisquei uma dança com você. Foi estranho pra mim estar ali no meio da sua turma, falando sobre coisas que eu não fazia ideia do que se tratava. Okay. Isso serve para que na próxima vez eu esteja mais preparada, saber mais dos seus gostos pra mim é importante, afinal só o que eu quero é te fazer feliz, é te ver feliz.
 Lembra quando fomos a praia com todos os seus amigos, fiquei mega sem graça em ter que fica de biquini na frente de todas aquelas pessoas, mas você me disse que era bobagem, que meu corpo é lindo. É isso você tem razão, parecia que estava tudo bem mesmo, afinal, só tinha seus amigos ali, mas talvez, você não deveria confiar tanto assim neles. Sabe o Junior? Pois é, ficou o tempo todo olhando para mim, e você nem percebeu.
 Chegar tarde em casa pra mim, e quem diria depois de uma festa, nunca pensei que um dia eu iria fazer isso, eu que sempre sou caseira, amo livros e ver um bom filme antes de dormi, mas tudo bem, eu estava com você.

 Eu me esforcei muito pra fazer tudo o que você queria, tudo pra te fazer feliz, e tudo parecia tão perfeito, porque enfim, você me disse que me amava, que sempre estava pensando em mim.
 Mas porque você nunca fazia o que eu pedia? Quando te chamava pra ir a livraria, ao teatro ou até mesmo escutar as músicas que eu gostava, você logo mudava de assunto, falava que não gostava dessas coisas, que era chato. Porque você nunca quis ir comigo, se sabia que era o que me fazia feliz.

 E então percebi que não estava mais indo a lugares que eu gostava, e me afastei dos meus amigos, deixava de ir a tal lugar, porque você não gostava, porque você me proibiu, sentia ciumes. E quando eu passei a dizer Não a você, você ficava com raiva e sempre brigávamos, e eu ficava em casa chorando, achando que era a culpada, e quanto a você? Onde estava? Todas aquelas fotos de festas com os amigos, onde eu não estava, passou a não atender mais minhas ligações, e passou a mostrar que poderia ser feliz sem mim.

 Tudo bem, eu aprendi da pior maneira a sempre me colocar em primeiro lugar. Hoje agradeço a você por tudo, de verdade. As festas, onde aprendi que realmente, aquele lugar onde ninguém se respeita, onde só tem bebidas e drogas, não é o meu lugar. Que amigos de verdade, não é aquele que incentiva a gente a fazer o que a gente não quer. E principalmente que amor, não é abrir mão dos nossos sonhos pra ver o outro feliz, mas sim, sonhar juntos, um apoiando o outro. 

Deixe um comentário